Você tem recebido com freqüência ligações de operadoras de telemarketing
para lhe tentar vender assinaturas de jornais, planos de saúde, cartões de
crédito, abertura de conta em banco, livros, etc…
Você já está cansado dessas ligações?
Eis aqui 10 meios de “atormentar” a pessoa que está do outro lado da
linha…
01) Quando a pessoa lhe perguntar “como vai?” Responda: Estou tão feliz
que você esteja me perguntando isso! Hoje em dia ninguém mais se
preocupa comigo e preciso tanto conversar com alguém… Minha artrite está
me matando e meu cachorro acaba de morrer. O pior é o meu médico que me
disse…”.
02) Peça um tempo, dizendo que vai pegar uma caneta e um bloco de papel e
fale a pessoa para falar MUITO devagar porque você estará escrevendo tudo o
que ela disser.
03) Quando a pessoa disser:”Bom dia, meu nome é Francisco da empresa X”,
peça-lhe para soletrar o nome e sobrenome, e o nome da empresa. Faça-o
repetir. Pergunte o endereço, faça soletrar o nome da
rua, o CEP. E faça-o repetir novamente. Peça-lhe o nome do chefe dele, o nº
do CGC da empresa dele. Faça pausas longas como se você estivesse escrevendo
tudo num papel. Continue a fazer perguntas pelo tempo que
for necessário.
04) Quando a pessoa se apresentar (ex: “eu sou Júlia”), dê um grito:
-“Júlia? Oi. Querida! É você mesma? Faz tanto tempo que não tenho
notícias suas! Como é que você foi na faculdade? Você não lembra mais de
mim?”
05) Se uma empresa de telefonia ligar para lhe oferecer descontos nos
interurbanos, responda com voz sinistra:
“-Não tenho amigos. Ninguém quer ser meu amigo! Ninguém quer falar
comigo. Você quer ser meu amigo? Eu poderia ligar para você… Qual e teu
nº?”
06) Se uma administradora de cartão de crédito ligar para lhe oferecer um
cartão, responda que esta oferta caiu do céu, você acabou de ficar
desempregado e está com um monte de dívidas, seu cheque especial foi cortado
e que finalmente você vai poder fazer as compras
de supermercado.
07) Ou então diga que voce está em liberdade condicional, num programa de
reabilitação social para detentos e que você precisa pedir à assistente
social a autorização dela.
08) Depois de ter ouvido tudo o que a pessoa tem a dizer, peça-a em
casamento, porque você só dá seu nº de cartão de crédito à sua esposa.
09) Dependendo do sexo da pessoa que te liga, diga a pessoa: “Nem tente,
André (ou Andrea, se for mulher), eu já conheci tua voz! Essa brincadeira é
boa, mas agora não tem mais graça. E como vai a tia Palmira?” Não importa o
que a pessoa lhe disser, repita: “Pára com
isso, André, você não percebeu que eu já te reconheci?”
E… finalmente, esta é a melhor resposta…
10) Diga a pessoa que você está muito ocupado no momento, mas que lhe dê
seu nº particular que você irá ligar mais tarde para a casa dela. A pessoa
evidentemente não vai querer lhe dar o nº. Responda então:
“- Eu imagino que você não queira ser importunado na sua casa…
Eu também não!”