O psicólogo para o paciente:
– Acabo de analisar o seu teste de personalidade e tenho boas e más notícias.
– Diga-me primeiro a má notícia!
– Você tem fortes tendências homossexuais.
– E a boa?
– Você é uma gracinha!!