O gaúcho, muito macho, abre a porta do quarto da filha para chamá-la para o jantar e se depara com uma cena constrangedora: a guria está nua, deitada de costas na cama, brincando com um vibrador.
– O que é isso, tchê? – pergunta ele, indignado.
– Bah, pai! – responde a guria. – Como o senhor queria que eu me arranjasse? Já estou com trinta e dois anos e não arrumo um homem! O jeito mesmo é ir me virando…
Uma semana depois a guria abre a porta do quarto do pai e o encontra nu, de quatro na cama, enfiando o vibrador no rabo.
– O que que é isso, pai? – exclama.
– Nada não, minha filha! – responde ele, apressando-se em apanhar o chimarrão em cima do criado mudo. – Estou apenas tomando um chimarrão com o meu genro!