Um bêbado chegou ao bar, se dirigiu ao balcão e
falou ao balconista:
– Coloque uma pinguinha para mim, uma para você e
uma para cada um que se encontra neste bar.
Então o balconista atendendo o pedido do cliente
serviu as pinguinhas. O bêbado bebeu a sua pinga e
ia saindo sem pagar, quando o balconista o abordou e
perguntou:
– Você não vai pagar as pingas que pediu?
E o bêbado respondeu:
– Eu não tenho dinheiro.
O balconista, que era muito nervoso, encheu o bêbado
de porrada.
No outro dia o mesmo bêbado chegou novemente ao bar
e fez o mesmo pedido ao mesmo balconista. O
balconista, pensando que após ter apanhado tanto o
bêbado não aprontaria outra daquela, serviu a
pinguinha para todos novamente.
E novamente o bêbado ia saindo sem pagar quando foi
abordado pelo balconista. O bêbado novamente disse que
não tinha dinheiro e então o balconista, nervoso, lhe
encheu de porrada novamente.
No outro dia o bêbado, todo machucado de tanta porrada
que tomara, chegou novamente ao bar e disse ao
balconista:
– Boa tarde. Hoje eu quero uma pinguinha para mim e
uma para cada um que se encontra neste bar, menos
para você, porque você quando bebe fica muito
nevoso!!!