* AS MAIS MANJADAS *:
“Um vírus acabou com o meu micro! Perdi todo o meu winchester! Você me mandou um e-mail?!”
“Nem te conto… Escrevi duas páginas de e-mail, quando ia escrever ‘tchau’, o micro travou… Perdi tudo, fiquei tão nervoso que dei um chute na CPU e acabei com o micro de vez!”
“Estou duas semanas sem ligar o computador…”
“Meu irmão deve ter lido e deletado… Desgraçado!”
“Ué, você não recebeu?!”
“Essa semana foi muito corrida… Não tive tempo nem pra respirar… Nem lembrava o que era e-mail…”
“E-mail… O que é e-mail?”
“Esqueci a minha senha do provedor… Só lembrei agora!”
“Me deu um branco! Esqueci teu endereço! Que sorte que você me escreveu!!!”
“Deletaram meu Outlook… Li teu e-mail no Laptop da minha vó…”
“Quem é você?”
“Perdi meu computador!”
“É claro que respondi… devo ter errado o endereço…”
“Porque VOCÊ não respondeu meu e-mail!!!!?”
“Estou com tendi… n i t e… aaaaaaaaaaaaaaai!!!!!!!!!!”
“Me casei e estou em lua de mel… Ai, hummmmm… quer mais detalhesssss?”
“Estava doente de cama… Queria te escrever, mas não tive forças…”
* AS MAIS TRÁGICAS *:
“Seu amigo está na UTI em estado ‘pior do que gravíssimo’, aqui é a enfermeira… As últimas palavras dele foram ‘cheque o meu e-mail…’ Você pode ficar com essa conta de e-mail, ele deixou pra você na herança!”
“Sou do IML, o corpo do seu amigo está no Cemitério São Paulo… mas, por que ele não respondeu, eu não sei…”
“Ele se foi… Seu novo endereço é [email protected]_mail.hell.br, quer que eu encaminhe pra esse endereço?”
“Estouuuu ppaaarrraapléégico e soó coonsiggo esscreverr com a bbboca… uumm bbeeijoo… mmas aabracço naaum possso ddá naaum…”
“Sofri um acidente e perdi toda a memória… vamos começar de novo… de onde teclas?”
“Estou cego e não posso ler as mensagens… Você pode me ligar?!”
“Estou na prisão! O minuto de Internet aqui custa 50 Reais… Por isso serei breve… Tchau!!!”
“Estou preso por estupro seguido de assassinato e canibalismo e é inafiançável! Escrevo do LapTop do carcereiro, que está bem atrás de mim, e me cobrou um preço BEM ALTO pra checar meu e-mail… desculpe a letra tremida…”
“Estou num hospício! Mas cuidado pra ninguém te ver por aqui e fala baixo… Xi, se esconde! O Monitor está chegando!”
“Fui intimado pelo serviço militar do exército e estou na guerra da Chechênia… Quer vir pra cá me fazer companhia?!”
“Estou em campo de batalha… e escrever e-mail aqui é um tanto quanto arriscaaaaaaa,.;,.ndiupfpeaigfgauh ele já era! Há, há, há…”
“Estou seqüestrado… Já que você escreveu, o resgate é um milhão…”
* AS MAIS SINCERAS *:
“Não quero mais me corresponder com pessoas como você!”
“Ah, não enche o saco!”
“Porque eu não quis!”
“Eu tenho mais o que fazer…” “Por que não responde seus próprios e-mails e me deixa em paz, hein?!”
“Achei ele extremamente idiota…”
“Por que VOCÊ me mandou um e-mail?”