Uma loira estava tentando abrir uma tampa, mas não conseguia de jeito nenhum.
De repente apareceu um cara e disse que para conseguir, ela tinha que torcer.
A loira subiu num banco e começou a gritar:
— Tampinha! Tampinha! Tampinha!