Um português vinha dirigindo um carro, quando avistou uma placa que dizia:
“DEVAGAR, QUEBRA-MOLAS”.
Então ele acelerou a mais de 120 por hora e quebrou o carro. Revoltado, voltou até a placa e escreveu:
“CUIDADO, DEPRESSA TAMBÉM QUEBRA.”